MP-RS – Vagas de Estágio 2018





Oportunidades são para estudantes de Direito e Ciências Jurídicas Sociais.

Se você é estudante da área de Direito ou de Ciências Jurídicas Sociais no estado do Rio Grande do Sul, veja a imperdível oportunidade de realizar um estágio que poderá mudar os rumos de sua carreira.

Todo bom profissional sabe como é importante e determinante para uma profissão a participação em um programa de estágio. Afinal, um programa deste tipo é desenvolvido para aquelas pessoas que estão ainda se preparando para no futuro assumirem uma profissão. A partir do momento em que se realiza um estágio, o participante consegue agregar conhecimentos muito válidos para a prática profissional. São conhecimentos que estão além das teorias e conceitos das salas de aulas. É o que se pode aprender somente pela prática em si e pelo convívio com profissionais com uma boa experiência na área. Entre outros motivos o estágio é uma fase indispensável para um iniciante em uma profissão.




O início do ano é uma época em que empresas e órgãos de diversos segmentos estão oferecendo processos seletivos para seus programas de estágio, o que é uma excelente oportunidade para aqueles estudantes que buscam por uma formação completa e eficiente.

E por falar em oportunidades, quem reside no estado do Rio Grande do Sul pode contar mais uma chance de participar de um estágio. Estamos falando do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, o MP/RS, que anunciou que acaba de abrir um novo processo seletivo para seu programa de estágio.


As vagas disponíveis são para atuação na área jurídica. O candidato que for selecionado para o estágio irá atuar na Promotoria Regional de Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica do Taquari-Antas e também na Promotoria de Justiça Especializada do município Estrela.

Podem se inscrever para participar do processo de seleção dos estagiários estudantes universitários que estejam cursando a partir do 3º semestre até o 8º do curso de graduação em Ciências Jurídicas Sociais e do curso de Direito. Contudo, é necessário que a universidade em questão possua o reconhecimento do MEC, que é o Ministério da Educação.

Cada estagiário contratado pelo Ministério receberá uma bolsa-auxílio cujo valor pago por hora de atividade é de R$6,07. Além disso, os selecionados ainda devem receber auxílio-alimentação diário no valor de R$7,92, vale-transporte diário no valor de R$8,10. Os estagiários devem ter disponibilidade para cumprir uma jornada de trabalho de 30 horas por semana.

Quem se inscrever no processo de seleção dos novos estagiários deve realizar uma prova que possui caráter eliminatório e classificatório, composto por quatro questões, todas discursivas, e ainda passar por uma entrevista pessoal.

De acordo com informações do edital do processo, a primeira etapa do processo seletivo este prevista para acontecer no dia 09 do mês de março.

O estágio tem duração prevista para um período de 12 meses.

Nesse sentido, se você possui interesse em se tornar um estagiário do Ministério Público do estado do rio Grande do Sul, as inscrições poderão ser realizadas até a data de 28 do mês de fevereiro.

Para fazer a sua inscrição basta comparecer a Secretaria da Promotoria de Justiça de Estrela, que está localizada na Rua Coronel Mussnich, número 487, na região central.

Se você atende aos requisitos citados acima, não deixe de fazer a sua inscrição e ter a chance de realizar um estágio em um órgão que com certeza vai enriquecer sua formação profissional, ampliando seus conhecimentos e destacando o seu currículo.

Os profissionais recém-formados muitas vezes antes de se firmarem na profissão são muitas vezes desvalorizados pelo fato de ainda não possuírem experiência. Já os profissionais recém-formados que realizam o estágio no Ministério Público são muito bem recebidos no mercado em geral, pois os conhecimentos agregados durante o estágio são muito úteis para o desenvolvimento de sua carreira profissional. Dessa forma, não perca essa oportunidade de entrar para o mercado de trabalho com essa experiência que irá aumentar as suas chances de empregabilidade.

Sirlene Montes

Compartilhe esta notícia