Estágio DataLab 2019 – Inscrições




Inscrições até o dia 30 de novembro de 2018.

A DataLab, empresa de tecnologia recentemente inaugurada e intitulada com um Laboratório de Inovação, pesquisa e coleta de dados, além de ser parte integrante do grupo Serasa Experian, está oferecendo oportunidades em estágios para o ano de 2019 para os seus interessados.

Pré-requisitos

Para o próximo ano o DataLab lança o Programa SummerLab edição 2019, podem participar qualquer estudante, desde que esteja matriculado regularmente em cursos de graduação e também pós-graduação em todo Brasil.


A DataLab irá privilegiar alunos com ótimos históricos acadêmicos e com bom aproveitamento em atividades extracurriculares.

Vagas para a cidade São Paulo

Todas as vagas são disponibilizadas para a cidade de São Paulo, porém, qualquer estudante pode se inscrever e participar, desde que tenha disponibilidade para trabalhar no período do estágio na cidade.

Mais sobre o Programa

Com duração prevista por 3 meses (Janeiro, Fevereiro e Março) durante o verão de 2019, os quatro estudantes selecionados terão a oportunidade de vivenciar o trabalho que um cientista de dados realiza de perto, além disto, poderão desenvolver seu próprio projeto estratégico na área da tecnologia.


Os projetos devem conter todas as tecnologias vivenciadas como:

  • Experiências e técnicas em Inteligência Artificial;
  • Processos envolvendo Machine Learning;
  • Experiências envolvendo Internet das Coisas.

Toda a elaboração e experimentação será supervisionada pela equipe do próprio DataLab, representada pelos seus engenheiros e cientistas.

O objetivo principal, além da excelente experiência proporcionadas aos estágios, é possibilitar o desenvolvimento de projetos de análises de dados durante o seu processo de aprendizagem, a DataLab ressalta aos participantes do SummerLab 2019 que o projeto do aluno que obtiver maior relevância e destaque pode receber um convite especial com o intuito de integrar o quadro de funcionários da empresa que está estagiando.

Como se Inscrever

O DataLab irá aceitar as inscrições de seus interessados através do preenchimento de um formulário simples, aonde o candidato irá descrever seu nome, telefone, e-mail e anexar seu currículo e histórico escolar, também existe um campo para compartilhar uma página pessoal e link interessantes de trabalhos.

O acesso as informações completas do SummerLab pode ser conferidas através da web-page: https://www.datalabserasaexperian.com.br/index.php/summerlab-2019/.

A DataLab irá receber as inscrições dos interessados até o dia 30 de Novembro de 2018.

Como foi o SummerLab anterior

Participaram da edição 2018 os alunos:

  • Aluno Alan Barzilay, da cidade de São Paulo, estudante da graduação de Ciências Moleculares de Universidade de São Paulo;
  • Aluna Carlla Martins, da cidade de Manaus, graduanda do quarto ano da graduação de Engenharia da Computação da universidade UFAM;
  • Aluna Vitória Mathias, da cidade de São Paulo, graduanda do terceiro ano de Engenharia Física da Universidade UNICAMP.

Qual foi o projeto?

Chamado de Projeto Sunny, se tratava de um projeto para o melhor aproveitamento da energia solar através de painéis fotovoltaicos instalados em residências com o intuito calcular o melhor uso de energia que pode ser gerado por sua composição de materiais, todos os detalhes do projeto podem ser acessados diretamente através do link: https://www.datalabserasaexperian.com.br/index.php/datalab/energia-solar-no-brasil-projeto-sunny/.

Um pouco mais sobre o DataLab

Localizado na Vila Olímpia, em São Paulo, capital do Estado. O DataLab é uma criação da empresa Serasa Experian, que vem engajada na onda de criação de startups por todas as grandes empresas de tecnologia do ramo.

O espaço segue a tendência dos outros dois locais criados pela própria empresa, o primeiro na Inglaterra, precisamente em Londres e outro nos EUA, em San Diego.

Somando uma área útil de 700 metros, a Serasa prevê um investimento de até R$ 47 milhões de reais em um período de cinco anos, ao todo a previsão é empregar cerca de 50 profissionais entre as profissões de cientistas de dados e também engenheiros de software.

O objetivo principal do laboratório é criar soluções baseadas principalmente em recursos usando as tecnologias de inteligência artificial e big data.

Autor: Carlos. B

Compartilhe esta notícia