Vagas de Estágio no Zoológico do Rio de Janeiro 2020





Prazo de inscrições se encerra em dezembro de 2019.

O Zoológico do Rio de Janeiro, conhecido como RioZoo, está com vagas de estágio abertas para estudantes que queiram realizar sua inscrição. Sendo o primeiro Jardim Zoológico do Brasil, fundado em 1888, o parque conta com cinquenta e cinco mil metros quadrados de área e cerca de oitocentos animais das mais variadas espécies, o que pode ser uma grande experiência para estudiosos da área e uma oportunidade única para trabalhar com os animais e a natureza.

O local foi passado à gestão do Grupo Cataratas em 2016 com a missão de torná-lo um parque de referência internacional, com os melhores métodos e práticas de preservação ambiental que fomentam a educação, a pesquisa e a conservação. O Grupo já é consolidado como uma empresa reconhecida nacionalmente pela gestão de atrativos naturais, como as Cataratas do Iguaçu, Marco das Três Fronteiras, EcoNoronha e Paineiras Corcovado.




Tudo isso representa, sem dúvidas, além do prazer de trabalhar com o que você gosta, a chance de construir um bom currículo profissional, dado o reconhecimento que o Grupo Cataratas tem no mercado nacional.

Quem pode se inscrever?

No processo seletivo para estagiário do RioZoo podem se inscrever alunos de cursos de graduação das mais diversas áreas, tais como veterinária, biologia, zootecnia, ciências contábeis, administração, engenharia ambiental, jornalismo, turismo, marketing, direito, defesa e gestão estratégica internacional, desenho industrial, entre outros.


A oportunidade é muito boa porque abrange um leque variado de vagas de estudantes de várias carreiras de ensino, mostrando a grandeza e a versatilidade do lugar, pioneiro em parques desse tipo no Brasil, além de ser uma viagem na história do nosso país.

Até quando posso me inscrever?

O processo de inscrição ocorre até o mês de dezembro desse ano, no site www.vagas.com.br/v1947373 .

Apesar de o Grupo Cataratas administrarem vários pontos de interesse turístico e natural, as vagas são apenas para a cidade do Rio de Janeiro conforme consta no site que mencionamos acima.

Como são as vagas oferecidas nesse processo seletivo?

As vagas oferecidas na seleção por si só já enchem os olhos dos estudantes de brilho, as bolsas-auxílio para os alunos de instituições de ensino superior contemplados varia entre valores de 800 a 1200 reais, cumulado com vários outros benefícios muito interessantes que veremos abaixo, o que já são um diferencial desse em relação aos muitos outros lugares que oferecem vagas de estágio.

A jornada de estágio é de 06 horas por dia. De acordo com o site onde está cadastrada a vaga, é necessário ter muito brilho nos olhos e vontade de fazer acontecer. Também requerem uma experiência de inovação, proatividade, informação, natureza e outros requisitos que farão o estudante ser contemplado com a tão almejada vaga.

Além da bolsa de estágio, o aluno será beneficiado com vale refeição, vale transporte, folga de aniversário, aniversariante do mês temático, vale cultura, sessões de Shiatsu, um programa completo de estágio com desenvolvimento de projeto, além do clima dinâmico e descontraído que contagia o lugar, trazendo à tona o prazer de exercer funções em um local com uma energia tão boa como esse.

Os beneficiados com as vagas também têm altas chances de efetivação, dado o histórico do lugar, o que os motiva sempre a inovarem, serem proativos, trazerem novas informações e, de fato, contribuírem para a melhora do local, atraindo sempre mais visitantes interessados no que o local tem para oferecer em termos de inovação e criatividade.

Para saber mais como é trabalhar com o Grupo Cataratas, considerada a maior empresa de turismo sustentável do Brasil, acesse a página da empresa no site Linkedin pelo link https://www.linkedin.com/company/grupo-cataratas/ e conheça mais sobre a missão institucional da empresa, sua responsabilidade socioambiental, seus objetivos, o cenário de trabalho por lá, além de poder participar de concursos e sorteios de brindes realizados por lá, você não vai perder essa chance, né?

João Victor Fernandes Martins de Pontes

Compartilhe esta notícia